sexta-feira, 27 de março de 2020

A INVEJA



Imagem Tatiane News 
Tiago 3: 14  Mas, se tendes amarga inveja, e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.
Tiago 3: 15  Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica.
Tiago 3: 16  Porque onde há inveja e espírito faccioso aí há perturbação e toda a obra perversa.

INTRODUÇÃO
A inveja não é algo sem importância. Ela está sempre ao lado de outras coisas terríveis (as tais obras da carne de que fala Gálatas 5.19-21).
A inveja não é passiva; não cruza os braços; não fica parada em momento algum. Ela é ativa, dinâmica e incontrolável. Se não for barrada na nascente, leva o invejoso automaticamente ao crime.
Foi a inveja de Caim que provocou o primeiro assassinato da história (Gn 4.8) O livro de Gênesis conta que “Isaque tinha tantas ovelhas e cabras, tanto gado e tantos empregados, que os filisteus acabaram ficando com inveja dele”. A inveja dos vizinhos levou-os a entupir todos os poços dos quais o patriarca se servia para matar a sede do gado e regar a lavoura (Gn 26.14-15). Foi por inveja que os irmãos de José o venderam para ser escravo no Egito (At 7.9).
O QUE É A INVEJA?
Cobiçar, desejar o que pertence aos outros. Desgosto ou pesar pelo bem dos outros.
A inveja é um sentimento sempre negativo. Os invejosos chegam a fazer campanhas de perseguição contra suas vitimas, as quais, na maioria das vezes, não têm qualquer culpa por haverem despertado tal sentimento nos invejosos.
A inveja é resultado da queda no pecado. É um sentimento mesquinho.
Geralmente os mal-sucedidos, os fracassados, tem inveja dos bem-sucedidos.
Uma pessoa bem sucedida não pode abandonar o seu sucesso, somente para satisfazer o invejoso, tornando-se um fracassado como ele.

INVEJA: Sentimento de rancor e ciúme em direção a outros por causa de seus bens ou boas qualidades.

Um mal que destrói a alma
A inveja é provocada por um sentimento de desgosto, de pesar, pelo bem ou felicidade de alguém, levando o invejoso a desejar intensamente o bem alheio.
Claro que você deve conhecer ou ter ouvido falar de alguém que nunca está contente com o que tem e sempre se compara aos outros, afirmando que o que os outros possuem é sempre melhor.
Pois é, essas pessoas estão alojando em seus corações a seta da inveja.
O invejoso nunca vibra com o sucesso do próximo. O invejoso busca erros onde muitas vezes não tem. São pessoas amarguradas, insatisfeitas, mal-amadas, carnais. (I co 3:3)
1 Co3:3  Porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?

A INVEJA É AMARGA
É fácil sermos atraídos por desejos errados devido às pressões da sociedade, e, às vezes, até mesmo devido a cristãos bem intencionados.
Se não forem bem entendidos e trabalhados, conselhos como  “Faça valer os seus direitos”, “Persiga seus objetivos”, “Fixe metas elevadas”, podem nos levar à cobiça e à competitividade destrutiva.
Buscar a sabedoria de Deus nos livra da necessidade de nos compararmos aos outros e de cobiçarmos aquilo que eles têm.

Romanos 13:13  Andemos honestamente, como de dia; não em glutonarias, nem em bebedeiras, nem em desonestidades, nem em dissoluções, nem em contendas e inveja.
Essa emoção “invejas”  sempre será destrutiva.

A INVEJA DESTRÓI
Jó 5:2 Pois a dor destrói o louco, e a inveja mata o tolo.

NÃO SE CONTAMINE COM A INVEJA
"Pois é do interior, do coração dos homens, que procedem os maus pensamentos, as prostituições, os furtos, os homicídios, os adultérios, a cobiça, as maldades, o dolo, a libertinagem, a INVEJA, a blasfêmia, a soberba, a insensatez; todas estas más coisas procedem de dentro e contaminam o homem." (Marcos 7:21-23)
O pecado começa a ser concebido com um simples pensamento.
Permitir que nossa mente acolha cobiça, INVEJA, ódio ou vingança nos levará a pecar. Não se contamine focalizando o pecado; antes, siga o conselho de Paulo em Filipenses cap 4 verso 8:
"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai."

NÃO TENHA INVEJA DOS ÍMPIOS
Salmos 37:1 "Não te enfades por causa dos malfeitores, nem tenhas INVEJA dos que praticam a iniqüidade."(Salmos 37:1)
Jamais devemos invejar os ímpios, embora alguns deles possam ser extremamente populares ou excessivamente ricos. Não importa quanto tenham, definharão como a relva e murcharão como a erva verde.
Aqueles que seguem a Deus não vivem como os ímpios, por isso, herdarão tesouros no céu.
O que um incrédulo adquire na terra pode durar toda a vida dele aqui, mas o que você alcança seguindo a Deus durará para sempre.
 Imagem blogosfere e scienzaesalute

NÃO TENHA INVEJA DO SUCESSO DE OUTROS
Atos 13:44-45 "No sábado seguinte reuniu-se quase toda a cidade para ouvir a palavra de Deus. Mas os judeus, vendo as multidões, encheram-se de INVEJA e, blasfemando, contradiziam o que Paulo falava."

Os líderes judeus indubitavelmente trouxeram à tona argumentos teológicos contra Paulo e Barnabé, mas Lucas nos contou qual era a verdadeira razão da hostilidade dos judeus:

A INVEJA.
Quando vemos outros alcançando o sucesso, e não o alcançamos nem recebemos o reconhecimento que almejamos, é difícil nos regozijarmos com eles. A inveja é nossa reação natural. Mas como é trágico quando nossos sentimentos de inveja tentam nos impedir de fazer a obra de Deus.
Se a obra é de Deus, regozije-se; não importa quem a esteja fazendo.

NÃO COBICE, NÃO INVEJE
Gálatas 5:26 "Não nos tornemos vangloriosos, provocando-nos uns aos outros, INVEJANDO-NOS uns aos outros." 

Todos nós precisamos de uma certa dose de aprovação dos outros. Mas aqueles que se distanciam de seu caminho, a fim de assegurar honras ou alcançar a popularidade perante os outros, tornam-se convencidos e mostram que não estão obedecendo à orientação do Espírito Santo.
Aqueles que procuram a aprovação de Deus não precisam invejar ninguém, porque somos seus filhos e temos o Espírito Santo como a amorosa garantia dessa aprovação.

A INVEJA é uma das maiores demonstrações de mesquinharia humana, causada pela queda no pecado.
Os invejosos chegam a fazer campanhas de perseguição contra suas vítimas, as quais, na maioria das vezes, não têm qualquer culpa por haverem despertado tal sentimento nos invejosos. Geralmente os mal-sucedidos têm inveja dos bem-sucedidos.
Essa é uma tentativa distorcida para compensar pelo fracasso, glorificando ao próprio “eu” e procurando enxovalhar a pessoa invejada. Está baseada, portanto, na mais pura carnalidade

O que Deus diz sobre a inveja
A inveja é um sentimento forte e mau, que a pessoa tem de querer possuir o que é dos outros. É um sentimento egoísta por parte da pessoa.
Há muitos textos que nos aconselham a não sermos invejosos, justamente por ser ele um sentimento mau. A inveja, também está ligada a cobiça, e faz parte dos 10 mandamentos - Êxodo 20:17.

Êxodo 20:17  Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.
Imagem  Fidelity Donna
Algumas pessoas na Bíblia que tiveram problemas por causa da inveja:
Raquel, por não poder ter filhos, culpando o seu marido Jacó - Gênesis 30.
José, quando foi vendido pelos seus irmão porque era o preferido do seu pai Jacó - Gênesis 37.
David, quando veio da batalha contra os filisteus, a sua fama se espalhou pelo reino, levando Saul a tentar matá-lo - 1 Samuel 18.
David, quando possuiu Bate-Seba, mulher de Urias, levando-o também a mandar matar o marido  - 2 Samuel 11.
Judas e os fariseus quando entregaram Jesus às autoridades - Mateus 27:18.
A inveja é vista na Bíblia como um sentimento reprovável. Este sentimento vem de dentro do próprio homem e o contamina (Marcos 7:22, Romanos 1:29).

Sugestões práticas
1. Não seja indulgente com a inveja. Corte-a na nascente.
2. Busque a aprovação de Deus e se satisfaça com isto.
3. Evite a ambição desmedida e a vontade de possuir o que os outros possuem só para não ficar por baixo.
Você conhece a história da cobra e do vaga-lume?
Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um vaga-lume que só vivia a brilhar.
Ele fugia rápido com medo da feroz predadora e a cobra nem pensava em desistir.
Fugiu um dia, dois dias e nada… Ela não desistia.
No terceiro dia, já sem forças o vaga-lume parou e disse à cobra:
– Posso te fazer três perguntas?
-Não costumo abrir esse procedente para ninguém, mas já que vou te comer mesmo pode perguntar…
-Pertenço a sua cadeia alimentar?
-Não
-Te fiz alguma coisa?
-Não
-Então por que você quer me comer?
– Porque não suporto ver você brilhar.
Que tipo de pessoa é você, cobra ou vaga-lume?
Seja vaga-lume, brilhe, voe alto. Mas não se esqueça tudo vem do Senhor e é para o Senhor. Se alegre com a vitória do próximo, abençoe, profetize e estará trazendo sobre si as mesmas bênçãos.
Pois aquilo que o homem ceifar, isso também colherá…
Deus nos abençoe!

 Fontes:Estudo Gospel, Bíblia online e Cristianismo Ativo

Sem comentários:

Publicar um comentário